6 fatores importantes para Relacionar bem com você mesmo

Acho que já virou clichê dizer que você não se relacionar bem com você mesmo não conseguirá se relacionar bem com os outros. Mas, deixando o clichê de lado, vamos falar um pouco sobre isso; relacionar-se bem consigo mesmo, infelizmente não depende apenas de uma decisão, um insight ou de ligar um botãozinho para ativar o amor próprio, este relacionamento depende de muitos fatores, veja:

1. Autoestima - existem inúmeros conceitos de autoestima, no dicionário, está definida como satisfação de sua maneira de ser, pensar e aparência física, envolve isso sim, mas gostaria também de propor que autoestima é o quanto do que você sonhou, planejou, objetivou está contido no que você é atualmente. Quanto maior a diferença entre a sua realidade e o seu planejamento pessoal, menor sua autoestima. O sonho poderá ter mudado, mas a essência do objetivo, o sucesso, foi alcançado ou não.

 

2. Prazer em me conhecer – você sabe quem você é? Já parou para pensar sobre suas características, suas competências, as que você gostaria de desenvolver? Esta é uma ótima maneira de se apreciar mais, coloque em um papel uma lista de coisas boas sobre você, observe os pontos que deseja melhorar. Se não conseguir sozinho, visite um psicólogo, ele o ajudará a se descobrir e se desenvolver.

 

3. A história de vida -  a sua história de vida influencia na forma como a você se vê. É muito mais fácil enxergar sob a ótica das críticas que ouvimos, as situações que não fomos aceitos ou que não tivemos sucesso. Faça um esforcinho e pense bem, lembre-se de quanta coisa boa e elogios você já recebeu, faça um tour pela sua vida e observe cada conquista, cada problema superado veja como você foi forte e possui uma coleção de experiências que fazem de você a pessoa única que é hoje. E não seja tão negativista!

 

4. As aprendizagens da vida - durante a vida as situações boas e ruins que você passa funcionam como uns “óculos” que funciona como parâmetro para enxergar a coisas, conforme as experiências e o que foi aprendido nelas, estes óculos pode ficar gradativamente embaçado. Assim, você verá a realidade conforme os seus parâmetros e, muitas vezes e não como elas realmente são. Algumas situações serão enxergadas a partir de nossas experiências ruins, assim não ousamos, fugimos, somos paralisados pelo medo.

Modelos importantes – se você convive com pessoas deprimidas, negativas, críticas, poderá apresentar maior tendência a enxergar o mundo através de lentes embaçadas pelo negativismo. Como se aprendêssemos a ver pelo seu pior ângulo sem considerar as outras faces.

5. Sua visão das outras pessoas – quando não se conhece, as outras pessoas podem ser vistas como ameaçadoras, críticas, superiores, pois você não conhece ou possui uma visão deturpada do seu potencial qualquer coisa que te dizem pode ser considerada uma indireta, uma crítica. O autoconhecimento o ajudará a ter melhor relacionamento com os outros já que estará segura sobre suas características, não ficando assim magoada, chateada ou triste com qualquer comentário.

 

6. Visão de futuro – se você não se conhece, não conhece suas capacidades, é difícil saber para onde quer ir, onde quer chegar, num emaranhado de coisas, é difícil definir o que é melhor para você se não sabe quem você é realmente.  Com o autoconhecimento você saberá quais as suas melhores habilidades, suas preferencias, o que tolera, o que te irrita. Este saber, traça caminhos que o levam a profissões, lazer, pessoas que te dão maior prazer e satisfação pessoas. Assim, haverá uma visão de futuro e esperança com melhor qualidade. A desesperança é paralisante.

Estes são alguns fatores que podem ajudar ou dificultar o bom relacionamento consigo mesmo, se a autoestima não está minimamente boa, seu relacionamento consigo mesmo e com os outros será insatisfatório.

Os fatores acima citados, quando negativos, são na maioria, sintomas de algum transtorno psicológico, se forem bem marcantes e em conjunto com outros sintomas.

 

Se você se identificou com alguns item listados acima e sente que está incomodando seu bem estar e qualidade de vida, procure um psicólogo, o Psicólogo Cognitivo Comportamental com conhecimento em Terapia focada no esquema, conhece inúmeras técnicas que o ajudarão a melhorar nestes e outros aspectos importantes da sua vida.

Informações e agendamento

de consultas com a

Psicóloga e Coach Celma Maciel 

telefine e Whatsapp: 11 - 9731 - 09109

e-mail: psicologa@celmamaciel.com

6 fatores importantes para Relacionar bem com você mesmo

  1. Prazer em me conhecer – você sabe quem você é? Já pensou sobre suas características, suas competências, as que você gostaria de desenvolver?

  2. A história de vida -  a sua história de vida influencia na forma como a você se vê, então selecione e foque nas coisas boas! Elas existem!!

  3. As aprendizagens da vida - durante a vida as situações boas e ruins que você passa funcionam como uns “óculos” que funciona como parâmetro para enxergar a coisas, tente usar as melhores lentes para interpretar a vida.

  4. Modelos importantes – se você convive com pessoas negativas, críticas, poderá  enxergar o mundo através de lentes embaçadas pelo negativismo, faça diferente! Seja positivo, veja o lado bom da vida e tenha pessoas assim por perto!

  5. Sua visão das outras pessoas – O autoconhecimento o ajudará a ter melhor relacionamento com os outros já que estará segura sobre suas características, não ficará magoada com qualquer comentário.

  6. Visão de futuro – se você não se conhece, não conhece suas capacidades, é difícil saber para onde quer chegar é difícil definir o que é melhor para você se não sabe quem você é realmente.  

Psicóloga e Coach Celma Maciel 

www.celmamaciel.com

11 - 973109109

© 2019 · Celma Maciel. Todos os direitos reservados. Termos de uso e Privacidade.