DIGA SIM PARA

Você

Você já estabeleceu seus limites pessoais? Ou pelo menos pensou sobre isso? Um muro para delimitar e até onde as pessoas podem entrar na sua vida, falar e fazer coisas, sem que você se sinta agredido?

Analise até onde alguém pode te entrar ou invadir seu espaço psicológico, seu self , para você dizer: Eu não preciso disso! Eu não preciso ouvir isso! Eu não preciso passar por esta situação! Eu não posso mais, se continuar, não estarei sendo eu mesmo! 

 

Algumas pessoas têm limiar mais alto outros mais baixos. E você? Consegue dizer "não" ou deixa que façam com você o que querem você gostando ou não? Atitudes e falas  como: "vou fazer isso por ele (a) só mais esta vez", "sei que vai me desgastar, vou ficar mal depois, mas não posso não dizer não".

A pergunta é: Você pode dizer não para você, para os outros não pode?

Se não se poupar, as pessoas não farão isso por você! Se você não se der valor, como poderá querer que outros deem valor a você?

O ser humano é naturalmente egoísta, precisa ser assim, é o instinto de autopreservação, precisa, de maneira equilibrada, ser prioridade em sua vida. Você deve também pensar em seu próprio bem-estar para depois ter condições para proporcionar bem-estar aos outros. É como nas instruções de emergência do avião: primeiro coloque a máscara de oxigênio em você, para depois ajudar as pessoas que precisam. Por que deve ser assim? Se você não colocar sua máscara de oxigênio e for ajudar outra pessoa, a probabilidade de que os dois morram sem ar para respirar é muito grande. Você ficará sem suprir o essencial para você e perderá suas forças para ajudar o outro.

Para ser saudável e progredir , os relacionamentos precisam de equilíbrio entre o dar e receber, ou haverão problemas. Estudos mostram que não é sempre que quem recebe muito na relação sente gratidão e reconhecimento. Algumas pessoas ao perceberem que seu par se doa sem limites, poderá testá-lo para ver até onde ele vai, testar para perceber  o que outro é capaz de fazer pelo relacionamento. Pessoas que impõem seus desejos e solicitações egoístas para se satisfazer com a exploração do par. Outros se sentem inferiores por não conseguirem doar tanto quanto o outro e tenta diminuir ou atacar a pessoa que deu demais para que ela se sinta tão inferior quando ele. A pessoa pode desprezar quem deu demais,  traindo ou abandonando a relação (Bert Hellinger). Pois, em um relacionamento precisam haver trocas, dar e receber atenção, dar e receber amor, fazer e ser retribuído,  se um faz demais e o outro apenas recebe, existirá um grande desequilíbrio, um fica "devendo" muito e o outo terá um grande saldo positivo. Um desequilíbrio pequeno é vital pois incentiva a troca, mas grandes diferenças não são saudáveis ao relacionamento. 

Com os limites pessoais bem definidos, um pessoa saberá o que representa agressão, o que representa invasão e imporá respeito a eles. Existem pessoas que possuem limites claros, tem discernimento do que os outros podem ou não fazer a eles, porém, não conseguem expressar e colocá-los em prática. Não conseguem dizer "Não" para as outras pessoas, não pedem para parar, não dizem "Chega! Eu não preciso disso!". Estas pessoas estão  com a autoestima fragilizada podem apresentar sentimentos de auto- desvalorização, ato-depreciação,   com medo de dizer "não" e serem abandonadas, criticadas, que pensem mal delas. 

Se você estiver bem consigo mesmo, com a autoestima em equilíbrio, este equilíbrio se refere a diferença entre o que você é atualmente e o que você  tinha como objetivo para o atual momento da sua vida. Se há uma diferença muito grande e o que você conseguiu ou conseguirá ser a partir do que está construindo pra seu futuro, não se aproxima, ou não satisfaz as suas expectativas, é provável que sua autoestima esteja baixa, que haja frustração, sensação de menos-valia. Tirar um tempo para você, ser der coisas de qualidade, sentimentos bons, momentos de paz e ser mais exigente com o que recebe outas pessoas, ajudará a ser uma pessoa mais feliz, mais satisfeita, amável, de fácil convivência. Isso acontece porque está com o seu estoque pessoal satisfatoriamente cheio de coisas boas e assim, terá coisas melhores a oferecer. Também, terá relacionamentos mais saudáveis, pois estará com pessoas iguais a você, que estão bem e te  te farão bem, já que terá um padrão de exigência melhor para suas escolhas.

Se você não consegue pensar no que seriam limites razoáveis para você sem se preocupar em magoar os outros, ou no que eles irão pensar. 

Se você não consegue dizer "Não", se quando diz não se arrepende ou se sente  péssimo.

Se não se acha merecedor de seu sim e muito menos do dos outros, 

Você precisa com urgência de ajuda de um Psicólogo.

Agende sua consulta com a Psicóloga e Coach Celma Maciel 

Contatos:

Celular e Whatsapp: (11) 9731-09109

E-mail: psicologa@celmamaciel.com

© 2019 · Celma Maciel. Todos os direitos reservados. Termos de uso e Privacidade.