​Como Motivar Seu Filho

a Obedecer  com

A​legria e Muito Amor

 (Parte II)


Abaixo apresento 08 itens, que são instruções sobre como agir para que seu filho obedeça, é uma técnica simples e prática. Se você mamãe e papai usarem da forma descrita terá sucesso.

 

Importante saber antes de usar as instruções:

 

  1. Relembro que o tom de voz baixo, firmeza, constância são ingredientes de extrema importância para que a meta seja alcançada. 

  2. Se você castigar hoje e não corrigir amanhã o mesmo comportamento, esta ação da criança ficará ainda mais intensa, ou seja, fixará.

  3. Assim, seja constante, o que é certo hoje será sempre e o que for errado será sempre, não mude de opinião com frequência, se mudar sempre de opiniões perderá a credibilidade de seus filhos. E isso é muito sério!

  4. Tenha uma conversa prévia com seu filho(a), na qual você falará sobre sua forma de corrigi-lo, " Filho(a), a partir de hoje, quando você desobedecer, eu vou falar apenas uma vez, se você não obedecer ficará de castigo."

  5. O local do castigo já deve ter sido definido. Mostre a ele (a) o local eleito onde ficará enquanto estiver de castigo, pode ser um canto da casa, uma cadeira, etc.

  6. O tempo de aprendizagem às mudanças é, em média, de quatro dias, assim, insista que logo você precisará apenas dar a ordem e ele obedecerá.

  7. Fale apenas UMA vez! Ressalto que Nunca se dar a ordem mais de uma vez para aplicar o castigo. Se isto acontecer, ele irá obedecer somente depois da terceira, quarta, quinta vez que você falar, ou só depois que gritar ou ameaçar.

  8. Critique o comportamento, não a criança. 

  Exemplo:

  •   O que dizer: "não é correto brigar com os amiguinhos, existem outras formas de resolver as coisas"

  •   O que não dizer: Você brigou com o amigo, você é muito feio, desobediente e ruim!"

         Ao criticar a criança, você estará dizendo que ela  tem um "defeito", ela entenderá que ele É e não que ESTÁ, OU FICA ruim, ao se comportar agressivamente na situação da briga com o amigo, como se fosse uma situação imutável, o que diminuirá sua autoestima. Se criticar o problema ele observará que se o comportamento for modificado, não existirá mais nada de ruim nele. Que é responsável por suas ações, interações e relacionamentos.  

O objetivo dos pais quando tem filhos, é fazer  com que a relação de amor do casal dê frutos. Um filho deve ser motivo de muita alegria, infelizmente o que vejo com maior frequência são pais que não curtem a relação com o filhos,  ao contrário, estão perdidos, confusos, revoltados e inconformados com a indisciplina e dificuldade de relacionamento com eles. 

 
Curta seus filhos!! Este é o objetivo de sermos pais.

 

"Ensina a criança no caminho em que deve andar, pois mesmo quando crescer, não se desviará dele" . Provérbios 22:06.

 

 

 

 

 

Um abraço e muita felicidade em família!

Psicóloga e Coach Celma Maciel 

Rev 03

Exemplo de Como Proceder Para a Criança Obedecer

Situação Exemplo: brinquedos espalhados pelo quarto e  que precisam ser arrumados.

  1. • Peça a primeira vez, exemplo:  filho(a), vá guardar os brinquedos.

  2. • Se não obedecer  avise:   Se você não ...( Exemplo: guardar os brinquedos) vai ficar de castigo.

  3. • Espere 5 segundos

  4. • Se obedecer – OK

  5. • Caso não obedeça

  6. • Leve até o local do castigo

  7. • Ajoelhe ou abaixe para ficar na altura da criança.

  8. • Olhe nos olhos.

  9. • Mantenha o tom de voz baixo audível, NUNCA fale alto ou grite.

  10. • Explique o porquê do castigo: você vai ficar de castigo porque fez ou não fez... ( não guardou os brinquedos).

  11. • Deixe o seu filho no local e continue fazendo suas atividades.


  12. • Se ele sair do local, pegue-o cuidadosamente e o coloque no local do castigo, sem dizer nada e quantas vezes for preciso.

  13. • Cada vez que ele sair, o tempo começa a ser contado novamente.

  14. • Depois do decorrer do tempo de castigo, explique novamente o porquê ficou de castigo.

  15. • O encoraje pedir desculpas.

  16. • Dê abraços e beijos e diga que o ama.

© 2019 · Celma Maciel. Todos os direitos reservados. Termos de uso e Privacidade.