Por Que Seu Filho Precisa Dormir Sozinho?

 

Neste artigo abordaremos o quanto é importante para o desenvolvimento físico, psíquico e social da criança ter seu próprio quarto e dormir separado dos pais.


 

O que pode acontecer com o casal ao dividir a cama com o filho: 

  • Sono Perturbado: Ao dormir com uma criança na mesma cama, você poderá ter sono perturbado, não reparador e interrompido com chutes, tapas, empurrões, xixi, etc. Sem contar que nós pais, sempre ficamos preocupados se estamos sobre um bracinho, pezinho da criança, se eles estão cobertos, se tem possibilidade de que eles caiam da cama, etc.

  • Afeta a intimidade do casal: pois diminui as possibilidades  de ficarem sozinhos, d e trocar carícias que poderiam resultar em atividade sexual. Isto pode prejudicar a felicidade, causar irritabilidade, diminuir os desejos e interesse de ficarem juntos.

  • Diminuem as oportunidades para resolver conflitos:  discutir assuntos de adultos, assuntos que precisam ser resolvidos longe das crianças. O que pode aumentar a tensão entre o casal e consequentemente na família. 

  • Afastamento do casal como homem e mulher: se tornando apenas pais das crianças, não marido e mulher. Este é um passo importante para desentendimentos, desinteresse e distanciamento progressivo.

Tudo o que os filhos querem é que seus pais fiquem juntos e felizes. Assim, manter a criança na cama do casal pode resultar malefício para a criança, para os pais, para a família e para o casal.

Importância de os seus filhos dormirem em quartos separados dos pais.

Em outro artigo falo sobre os prós e contras dos filhos dividirem o mesmo quarto ou não, leia: Filhos, Dividir ou Não o Mesmo Quarto. Aqui abordo esta questão apenas em relação ao quarto dos pais.

  • O descanso e sono é importante e inegociável para o bom desenvolvimento das crianças. O horário e local de dormir devem fazer parte das regras da casa, regras devem ser cumpridas para o bem-estar de todos e harmonia no lar.

  • Os pais precisam ensinar aos seus filhos comportamentos que os façam independentes e que defendam sua privacidade e seus limites pessoais.

  • É recomendável que cada membro da família tenha um  território demarcado, ou seja, deve ter sua individualidade. O quarto do casal, É DO CASAL e é um local que deve ser estímulo para interação, descanso e atividades dos dois. Não deve lembrar trabalho, problemas, crianças e coisas que desestimulam a união da dupla.

  • Ao dormirem sozinhos eles aprendem, praticam e desenvolvem a ordem, a rotina e os limites. 

  • Dormir sozinho, faz a criança compreender e viver de acordo com o seu papel na família. Eles devem compreender que fazem parte do subsistema familiar chamado filhos, que é diferente do subsistema pai e mãe, que pertencem a  uma hierarquia diferente, com funções e papéis diferentes.

  • Ao dormirem separados dos pais as crianças aprendem que os papéis sexuais de homem e mulher é reservado a adultos com compromisso de afetividade e de formar uma família.

  • A criança, ao dormir longe dos pais, se torna capaz de um desenvolvimento de dimensão psicossexual apropriado à idade dela, o que é muito diferente da fase vivida pelos pais, que são adultos.

 

 

Em quais situações os filhos podem dormir com os pais?

Esta permissão tem limites claros e definidos e, se seu filho(a) precisar, não divida a cama com ele, coloque um colchão no quarto para que ele durma.

  • Doença: se seu filho está doente, precisa de cuidados, de tomar medicamentos ou de supervisão por algum motivo.

  • Luto: Caso tenha acontecido uma perda de um familiar importante e a criança está sofrendo pela perda, é importante mostrar-se ao lado dela e ter uma atitude acolhedora. Leia mais sobre luto: Luto Como Você Pode Apoiar Uma Pessoa Enlutada.

  • ​Situações de calamidade: Quando a criança presenciou catástrofe, acidente ou situação difícil e impactante, como assalto, acidente, terremoto, etc., e precisa se sentir seguro novamente.

É preciso deixar bem claro, para a criança, que ela irá dormir perto dos pais, porque está ocorrendo tal situação, mas assim que a situação se resolver, voltará ao seu quarto.

EXISTEM ALGUMAS​  SITUAÇÕES PROBLEMÁTICAS DO CASAL EM QUE ELES DEIXAM QUE A CRIANÇA DURMA EM SUA CAMA COMO DESCULPA PARA MANTER DISTÂNCIA DO CÔNJUGE:

  • ​Quando um dos pais não quer ou não está interessado em intimidade entre o casal, usa este artifício para evitar, impedir ou dificultar que fiquem a sós.

  • Dificuldade dos pais em não saber como colocar limites na situação, no filho ou em si mesmos. Muitos pais consideram falta de amor dizer não aos filhos.

  • Muitas vezes os pais pensam que estão dedicando pouco tempo às crianças e deixam dormir junto para não se sentirem culpados ou negligentes.

  • Alguns pais que só veem seus filhos à noite, depois de um dia cansativo, querem participar da vida do filho, então vão todos para a cama assistindo televisão ou navegando na internet e acabam dormindo na mesma cama.

​Alguns problemas  que motivam os filhos a pedirem para dormir com seus pais.

  • Medo: algumas crianças têm medo da violência na cidade ou do local onde moram, medo de ladrões, sequestro, de assassinos. Estas inseguranças fazem com que procurem segurança com a companhia dos pais. Os pais devem mostrar como estão seguros em casa, dando certeza de que existem itens que impedem que algo ruim entre ou aconteça em casa. Devem mostrar que são os pais são adultos e que por isto tem a função de proteger seus filhos.
     

  • Medos de elementos fantásticos: Crianças que tem medos como de bicho, do escuro, de fantasma podem procurar seus pais para aplacar seus medos. Cabe aos pais investigar a origem destes medos e mostrar o que podem ficar seguros em casa. Deve-se observar os tipos de jogos, filmes e brincadeiras que a criança está envolvida e não deixá-la exposta a este tipo de entretenimento. 


Observem a natureza do medo:  
Se é racional, se é persistente, se está prejudicando o comportamento da criança como um todo, se observarem medo desproporcional à situação, procure ajuda profissional.
Analisem a situação, crianças fantasiam e, conforme a idade não conseguem discernir o real do imaginário, mas precisa ser observado, pois pode ser que tenha origem em alguma situação difícil que a criança esteja passando. Muitas vezes problemas com a família, amigos, empregados podem gerar conflitos nas crianças.

 Este artigo continua: Por que Seu Filho Precisa Dormir sozinho? Parte II.

Psicóloga e Coach Celma Maciel

Conheça o Programa Treinamento de Pais, são em média,​ 16 sessões, individuais ou em grupo, ​que tem o objetivo de orientar você papai e mamãe a ter relacionamentos saudáveis em família e um melhor direcionamento dos filhos para um futuro com mais chance de sucesso e felicidade.

 Informe-se:

psicologa@celmamaciel.com​​

ou

(11) 9731-09109 - celular e Whatsapp.

© 2019 · Celma Maciel. Todos os direitos reservados. Termos de uso e Privacidade.