Será que podemos gostar de nossas dores?

"Nós temos muito apego às nossas feridas. Nós gostamos de mostrar o nosso sofrimento, apreciamos quando os outros vêem nossas dores."
Temos capacidade de abrir mão de tudo, menos da nossa dor" (Paulo César - Café com Hipnose).
Pense nisso! As vezes não nos curamos por apego a doença, a dor... questione: em que esta dor me faz bem, o que, de positivo, ela me trás que eu acho que não conseguiria ter se não estivesse doente ( carinho, necessidades atendidas, companhia, cuidado?). 
A boca serve para comunicar as nossas necessidades e tudo o que queremos. O que nos impede e por quê não conseguimos falar sobre alguns temas, principalmente os que envolvem sentimentos e emoções, que "preferimos" 
(inconscientemente) transferir para o corpo em forma de dor e/ou doença para nos comunicar de maneira disfuncional o que precisamos dizer? 

Pensar em se conhecer, em investigar sua história para olhar de frente e,  que este olhar tenha o perspectiva diferente. Existem muitas técnicas psicológicas que ajudam a dessensibilizar e "refazer" situações difíceis da vida que geraram emoções negativas difíceis de lidar, de lembrar e conscientizar sem grandes sofrimentos. 

Lembro que o tempo não faz esquecer estas situações, o "esquecer" seria enviar para locais em que a consciência não acessa facilmente, este não acesso, não anula o efeito no comportamento causado pela situação. Estes podem ser revelados através da dor, de sintomas psicológicos como os de Depressão e Ansiedade. O falar sobre o assunto ou situação sem um tratamento da fala, só causa um sofrimento desnecessário. 

A Psicoterapia como o nome já diz, é o tratamento de "dores" psicológicas, o Psicólogo tem conhecimentos diversos para ajudá-lo a ficar bem consigo mesmo. Ele estuda o desenvolvimento do ser humano desde a gestação e conforme a abordagem antes da gestação, estuda as psicopatologias, as teorias da personalidade, métodos de diagnóstico, as diversas formas de tratamento, os inúmeros tipos de problemas e desdobramentos que os humanos podem ter em todas as fases da vida, etc. 

Continuo interessada em suas dores, só gostaria que pensássemos um pouco sobre este assunto... para considerar a possibilidade de falar, de expressar melhor o que nos incomoda.❤

© 2019 · Celma Maciel. Todos os direitos reservados. Termos de uso e Privacidade.